Meu perfil

Desconectar

Facebook
Instagram
Twitter
Youtube
Whatsapp

Meu perfil

Desconectar

FUNDADO EM 1894 E ONLINE DESDE 1996

Polícia

Policial é preso com carro roubado e arma ilegal em Praia Grande

O agente obteve o veículo em pátio de delegacia de outra cidade do Litoral de SP

ATribuna.com.br

28 de janeiro de 2024 às 06:21
O carro estava no pátio do DP Sede de Mongaguá quando foi pego por Ismael

O carro estava no pátio do DP Sede de Mongaguá quando foi pego por Ismael ( Foto: Divulgação/ Polícia Militar )

Uma das equipes da Polícia Militar que atua na Operação Verão prendeu, na madrugada deste sábado (27), um policial civil em flagrante por receptação e adulteração de veículo. O carro foi identificado como produto de roubo. Além disso, o policial Ismael Vieira da Silva portava uma arma que havia sido apreendida pela corporação em 15 de fevereiro de 2023.

Como foi

Durante patrulhamento, a equipe da Operação Verão avistou um carro Honda CRV preto trafegando no Viaduto Samambaia e, por achá-lo suspeito, abordou o condutor na Avenida Lasar Segall, no bairro Solemar. Os oficiais levantaram que o carro constava como possível clone de um automóvel roubado, de Santa Catarina.

Ao sair do veículo, Ismael Vieira da Silva se identificou como policial civil e informou que seus documentos e sua arma estavam dentro do carro. Durante o procedimento de busca no automóvel, os agentes não encontram nada de ilícito. Mas o número do chassi mostrou que o veículo era produto de um roubo de 2021 e tinha placa adulterada.

Junto a isso, a arma que Ismael portava foi identificada como uma pistola Glock G22 9 mm, de numeração BWPE 236, com 16 munições. Também foi levantado que a arma havia sido apreendida no ano passado, em 15 de fevereiro.

Ismael contou à polícia que o carro que dirigia havia sido pego no pátio da Delegacia Sede de Mongaguá, e estava relacionado a uma ocorrência com seguradora. De acordo com o policial civil, ele estava utilizando o veículo porque oseu automóvel estava quebrado.

Na sequência, o policial foi levado para a Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Praia Grande e acabou encaminhado para a Corregedoria da Polícia Civil de Santos, que o enquadrou nos artigos de receptação e adulteração de sinais de veículo automotor.Ismael foi preso e permanece à disposição da Justiça.