Meu perfil

Desconectar

Facebook
Instagram
Twitter
Youtube
Whatsapp

Meu perfil

Desconectar

FUNDADO EM 1894 E ONLINE DESDE 1996

Porto

Autoridades e empresários participam da Confraria do Porto

Evento realizado em Brasília destaca a importância das parcerias para o desenvolvimento do Porto de Santos

Maurício Martins

26 de março de 2024 às 16:59
Marcos e Roberto Clemente Santini recebem homenagem durante a Confraria do Porto, em Brasília

Marcos e Roberto Clemente Santini recebem homenagem durante a Confraria do Porto, em Brasília ( Foto: Vanessa Rodrigues/ AT )

O acordo com o Instituto Brasileiro de Infraestrutura (IBI) foi assinado durante a primeira Confraria do Porto do ano, organizada pelo Grupo Tribuna com o objetivo de reunir autoridades e empresários da área. O encontro é um espaço para troca de experiências e debates sobre o desenvolvimento do Porto de Santos e do Brasil.

Esse primeiro evento de 2024 contou com a presença do vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin e do secretário nacional de Portos e Transportes Aquaviários, Alex Avila, além do prefeito de Santos, Rogério Santos (Republicanos), e do presidente da Autoridade Portuária de Santos (APS), Anderson Pomini, entre outras autoridades.

“É uma satisfação prestigiar o evento, temos a união do empresariado, que pensa na infraestrutura do País, aliado ao poder público. Uma parceria que tende a render excelentes frutos”, frisou Alex Avila.

O ministro da Embaixada da Coreia do Sul no Brasil, Kim Gun Hwa, discursa durante a Confraria do Porto, em Brasília

O ministro da Embaixada da Coreia do Sul no Brasil, Kim Gun Hwa, discursa durante a Confraria do Porto, em Brasília ( Foto: Vanessa Rodrigues/ AT )

Durante a confraria foi detalhada a missão internacional deste ano, em junho, para a Coreia do Sul. O ministro da Embaixada da Coreia do Sul no Brasil, Kim Gun Hwa, participou do evento.

“A agenda de viagens é algo que só agrega conhecimento. Quando temos oportunidade de visitar algum porto fora do Brasil, vemos as tecnologias, as iniciativas, as normas, como o pessoal trabalha. São oportunidades de conhecer o que se pratica lá fora e olhar para dentro de casa e ver o que precisa melhorar. Recebemos o convite e essa viagem para a Coreia será fantástica”, encerrou o secretário nacional de Portos e Transportes Aquaviários.